terça-feira, 1 de março de 2011

"PERDI O FIO DA MEADA..."

Oi Gente...
Como é difícil adquirir bons hábitos e como é fácil deixar de praticá-los...
Confesso a vcs que nos primeiro 4 dias da minha viagem (férias!), senti muito orgulho de mim. Comi tudo que me deu vontade, mas nos momentos que realmente estava com fome e escolhendo o que ia comer a cada momento. Nos últimos 4 dias, parecia uma louca desenfreada (e continuo!), comendo "Só mais um pedacinho", "melhor comer esta sobremesa, pois amanhã pode não ter mais", "Uma cervejinha só pra relaxar"...
A impressão que tinha é que não podia perder aquela oportunidade de comer... e isto foi piorando com os passar dos dias... Cheguei já fazem quase 15 dias e não estou conseguindo voltar a minha rotina!
Minha TPM está iniciando 15 dias (ou mais) antes da menstruação e tem me deixado muito ansiosa e comilona (e só agora eu comecei o Gamalime V).
Uma coisa acaba virando desculpa pra outra... E pra piorar, ainda vem o Carnaval! Na verdade, não estou preocupada com o corpo em si ( que ainda está legal...), mas porque vou viajar e acabar comendo mais...
Também sei que é uma fase e que vou conseguir retomar! Quer0 que o carnaval acabe logo... Tenho tantas coisinhas pra ajeitar aqui em casa, na vida, e em abril tenho outra viagem...
Outro dia escrevi pra Carol, do blog "Operação Metamorfose", que meu respondeu a excelente resposta abaixo.
Bjos e espero que aproveitem!
Carol,
Desde o final da minha última gravidez, já emagreci 23 kilos. Pensando no peso anterior a gravidez, já foram 15 kilos. Ou seja, quando engravidei já estava gorda (tenho 1,55 de altura). O que acontece agora, é que estou bem com meu corpo, já dei fim em muitas roupas e uso várias que não serviam. Já posso ir nas lojas comprar o que quero. Pratico atividade física regularmente, inclusive corrida. Porém estou ainda com 62 kilos e quero chegar aos 55Kg. Como estou relativamente feliz, me dou o direito de comer o que quero, e tenho ficado indo e voltado do 60 para os 62. Quero chegar à minha meta para ficar com um corpo bem legal. Me sinto muito permisssiva e que com isto estou me boicotando, o que me deixa muito mal! Vc se sentiu assim nos últimos kilos? Em primeiro lugar, PARABÉNS pelos 23 kilos eliminados! Agora, quanto a sua dúvida e questionamento, minhas considerações são as que seguem: * Quando há uma grande perda de peso, o que, para a sua altura, foi o que aconteceu, muitas vezes o corpo age estabilizando ou diminuindo o metabolismo. Ou seja, você está comendo um determinado número de calorias em média, praticando atividade física de forma regular, só que não perde peso. Está no platô. O que pode levar a este estado: 1. A perda desenfreada de massa muscular, geralmente provocada por dietas que fazem você emagrecer muito num curto espaço de tempo. Se vários quilos de músculo forem embora junto com a gordura, o metabolismo fica lento. Dica: procure adquirir mais massa muscular. Além do corpitcho ficar mais durinho, ela aumenta o metabolismo, porque gasta mais calorias para se manter. 2. Outra saída é programar bem a dieta. Não adianta só reduzir carboidrato - nós precisamos desse nutriente para queimar as gordurinhas estocadas. As proteínas de alto valor biológico (com todos os aminoácidos essenciais) encontradas nas carnes magras e os carboidratos de baixa carga glicêmica como massas e pães integrais são grandes aliados contra o efeito platô. As proteínas garantem a construção dos músculos e os carboidratos integrais, que demoram mais para ser absorvidos pelo organismo, mantêm o metabolismo acelerado. Mas, se, ainda assim, a balança emperrar no meio da dieta, não desista. Alguns estudos mostram que para cada quilo perdido você deve estabilizar o peso por um mês. E, só então, seguir adiante no projeto corpo magro. Como funciona: se você perdeu 10 quilos e parou aí, tente permanecer do jeito que está por dez meses. Assim, também aumenta a chance de não recuperar os quilinhos exterminados, evitando outro vilão: o efeito sanfona. * Você diz pensar que está se boicotando. Se você pensa assim, pode estar mesmo. Não a conheço, nem convivo com você para saber como age no dia a dia. A verdade é que tudo vai depender do que signifique “se dar ao direito de comer o que quer”, ou seja, quantidade e qualidade. Então, se for o caso de você estar retornando a hábitos antigos e não estar engordando apenas pelo fato de estar praticando atividade física, cuidado! Pode realmente ser o caso de auto-boicote. Porém, se você apenas estiver comendo de tudo, mas em pequenas quantidades, eu não diria que estamos diante deste quadro. * Os últimos 4 kg foram os mais difíceis, realmente. Só que posso dizer que foram difíceis, mas não impossíveis de serem eliminados. Não há como negar que o nosso corpo está programado para reagir diante de um panorama de escassez. Por mais que mandemos mensagens diretas, subliminares, código morse, o “diaboaquatro”, não adianta. Ele trava mesmo… O negócio é fazermos um contra-ataque. Está correndo três vezes por semana? Corra 4 e mude os horários, beba mais água e aumente uma refeição no dia. Acorde uma hora mais cedo. Mude a estratégia. O corpo reage quando reagimos, modificando alguma ou várias coisas em nossa rotina. Sintonize-se com seu corpo. Quando você estiver em sintonia com seu corpo, sempre irá saber do que ele precisa. Faça experiências (com segurança), pois esta é a única maneira de conhecer seu próprio corpo. Você é um ser único e nenhum corpo reage exatamente igual ao outro. Por isso não existem fórmulas mágicas. Posso dar dicas. Você pode encontrar na internet várias outras. Mas apenas a sua experiência pessoal irá dizer o que serve e o que dá resultado. Portanto, experimente. E sempre tenha em mente: > Com novas estratégias você poderá eliminar peso e duas destas estratégias devem ser o ENTUSIASMO e o PENSAMENTO POSITIVO! Deixe de mandar mensagens para o cérebro do tipo “nunca consigo perder mais de 5 quilos”. > AME-SE. Valorize cada vitória e deixe-se estimular por elas em seus momentos de fraqueza. > Não se mate em cima de uma esteira, porque isso provoca mais ansiedade. Crie desafios de treino que possam ser superados. Se você caminhava 4 quilômetros em meia hora, tente andar 5. > Cansou? Pare, beba um pouco de água e, então, continue o exercício. > Não suba na balança diariamente, pois não existe mudança real em 24 horas. Quer se pesar? Faça isso a cada semana e, mesmo assim, saiba que seu corpo pode estar melhor sem que a balança indique a mudança. Afinal, esse equipamento não sabe a diferença entre gordura e músculo. A melhor orientação que você pode ter é tirando medidas com a fita métrica. Mesmo sem alterar o peso, a cintura pode estar mais fininha e isso vai dar um novo ânimo na sua vida. > Jamais pare de comer. Em vez de tirar mais alimentos do seu prato, substitua aqueles que você já vem comendo há algum tempo por outros de igual qualidade. Está farta de peito de peru? Ataque de atum ou use algum suplemento tipo whey protein - proteína em pó do soro de leite. > Não se compare com ninguém. Você é INSUBSTITUÍVEL!

10 comentários:

  1. Oi Fran não conhecia a Carol fui lá agora e a vi pela primeria vez...voltarei depois no blog dela para ler pelo que senti ela é um exemplo real tb, quanto ao teu post poxa tpm 15 dias antes se resume a mais ou menos 10 dias no M~es de paz...a minha vem uns 10 dias e desta vez ela me fez atacar os doces literalmente... mas até que foi controladamente só que quando é nos dias normais eu nem olho para o doce mas antes dela descer me fez comer todos os dias... E dizem que doce com acne não combina ai tu já viu...bom te deixo um grande beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Fran

    Obrigada pela força. Eu já tinha lido no blog da Carol a resposta que ela te deu. E realmente se encaixa perfeitamente no que estou passando.

    Beijo enorme e muita força pra gente!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Cumadezaaaaaaaa!!!!
    Parece que todas as minhas amigas entraram na TPM nesta semana. Realmente este final de semana extrapolei na comida, e para completar, nada de AF desde a semana passada. Estou saindo agora do trabalho (19:45h) e vou direto para casa descansar (PRECISO!!!! RSRSRS). Mas a minha ansiedade é por conta do trabalho!!! Vai melhorar!!!! Temos que pensar que depois do carnaval nós retornaremos à nossa rotina: RA + AF!!!
    Bjoooooooooooossssssss.....
    P.S: O domingo foi excelente!!! O próximo e lá em casa!!!!

    ResponderExcluir
  4. TPM é complicado, aff.
    Nossa adorei o que a Carol escreveu, muito realista e um grande exemplo!
    Viagem é sempre uma perdição, mas precisamos pensar antes de comer, eu particularmente, toda vez que penso em cair em tentação, olho bem para meu culote, que odeio, e penso vai aumentar mais um pouco, se o intuito é perde-lo.
    Perco a vontade na hora, rs
    Boa sorte na sua viagem e bom divertimento!

    ResponderExcluir
  5. querida amiga venho gentilmente pedir para que siga o novo endereço do meu blog
    www.ficandoemforma.blogspot.com
    Pois o endereço da penelope se encontra com problemas de atualização da hora e sera importado para esse novo endereço.
    Peço gentilmente, que passe a me seguir no blog citado acima,até mesmo devido ao sorteio do blog, só vai concorrer quem for seguidora e as incrições se encerram dia 07.03
    espero você no meu novo endereço
    http://ficandoemforma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Fran, Parabéns deu uma aula de nutrição.
    Vou cuidar com essa concorrência, rsrsr!!
    Tenho sempre seguido seu blog mas ás x falta tempo p postar, mas estou atenta e parabéns pela sua garra.
    Bjinhos
    Tata

    ResponderExcluir
  7. Oi Fran!

    retomar o foco é bem difícil mesmo..
    eu sou 8 ou 80 sabe .. ou faço tudo certo ou tudo errado .. infelizmente..

    precisamos mesmo é encontrar o equilíbrio em tudo .. =D

    beijo grande, bom feriado querida!

    -

    Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor! Jeremias 17:7

    ResponderExcluir
  8. Oi, Fran!

    Amei a resposta da Carol! Eu fiquei mais de 5 semanas num platô que me dava agonia e vontade de chutar o balde e comer, comer e comer. Olhe lá no meu gráfico e veja se não me dava agonia? Eu escrevi sobre tudo o que sentia no blog.
    Mas eu aprendi que pra sair do platô a gente precisa mudar o que está fazendo radicalmente. Tanto na alimentação, quanto na atividade física. Dô um choque no seu organismo, mude e varie bastante a alimentação, mude os exercícios e aumente a quantidade, e/ou faça por mais um dia. Tente e depois me diga se adiantou. Boa sorte!
    Bjão,

    Solange

    ResponderExcluir
  9. Olá. Espero que você ajeitar as coisas e que e tudo certo. Acho que as dicas da Carol vão funcionar bem. Bjoks

    ResponderExcluir
  10. Fran, esse lance da massa magra é importante, por isso a musculação é importante. Pode não queimar caloriana hora, mas acelera o metabolismo. Esse lance de estímulos diferenciados é fundamental, por isso as series de exercícios precisam ser modificados periodicamente. Por isso temos que associar nutricionista e Personal para o trabalho ser efetivo. Bjo

    ResponderExcluir

Fique à vontade! Este espaço é nosso...